26.1.09

Pequenos amores cotidianos



Achar um pedaço de banana na salada de fruta.

Velhinhas de cabelo roxo que se arrumam todas pra ir à padaria.

Ligação do melhor amigo* que eu não via há 3 anos e perceber que não há geografia e tempo que afrouxem os laços de amor. E isso é tão simples de entender, mas tão simples...

Receber um email de uma leitora (Ju, ta respondido!) que jogou um monte de confete em mim, mas, por elegância, não vou publicar. :D

E, pra terminar...





(*Um dia eu ainda conto a história do casamento deste meu amigo. É uma daquelas histórias que contrariam tudo o que pessoas rasas entendem como "verdade". E, honestamente, ele não poderia ter escolhido melhor pessoa para casar.)

3 ficando fora de si:

Pedro disse...

Velhinhas de cabelo roxo são o máximo.

JuMar disse...

ihihihihi...fiquei encabulada de ter sido mencionada!
Obrigada!
Beijos

Katy disse...

Jane Austen...... Oh...
.
.
.
.
O Ipod escolher uma musica do balao magico justamente quando vc esta olhando fotos de quando era crianca.