17.10.08

Para minha menina com uma flor

antes

Porque você é uma menina com uma flor, eu lhe predigo muitos anos de felicidade, pelo menos até eu ficar velha: mas só quando eu der uma paradinha marota para olhar para trás, aí você pode até rir da sua véia de guerra aqui, eu compreendo.

Porque você é uma menina com uma flor e tem esta voz doce desde bem pequeninha, eu juro, eu juro, eu juro nunca mais me afastar de você. Porque eu acredito que nenhuma geografia é capaz de afrouxar laços de amor e essa nossa geografia nem é tão geografiiiiiiiiiia assim. E agora que o nosso está bem apertadinho, eu não te largo mais. Salvo se você engrossar a voz e ficar com uma que nem da Ângela Rorô... Porque aí também já é demais para todos os meus parafusos a menos.

Porque você é uma menina com uma flor e tem esta pele bem branquinha e este cabelo bem escuro e parece uma bonequinha russa que te dá esta sua aura de fragilidade mas você nem é frágil que eu bem sei.

E porque você é minha menina com uma flor e tira fotos lindas, que me deixam aqui de boca aberta com o teu talento. Mas acaba que eu fico de boca aberta com teu talento para a escrita e com seu gosto musical, que é ótimo, mas ainda assim você dá ouvidos aos meus pitacos musicais. E olha que deve ter coisa bem chata naquele cd que te gravei. E você tem uma tia bem babona. Todos agora sabem.

Porque você é uma menina com uma flor e está em plena adolescência, mas é sempre tão segura, tão íntegra, tão doce, tão tranqüila, tão cheia de dignidade de si que nem parece adolescente e me faz ter um orgulho dos diabos de ser sua tia.

Porque você é uma menina com uma flor e vai pra Campos do Jordão ano que vem e eu fico aqui que nem uma boba torcendo, torcendo, torcendo, tanto quanto aquela outra pessoa lá, para que algo role antes do ano que vem chegar. E aquela pessoa lá tá certa em torcer. Porque é bom demais saber que adolescência pode ser que nem de conto de fadas, com direito a beijo de príncipe e tudo.

Porque você é uma menina com uma flor e eu presenciei sua primeira associação livre. Você devia ter uns três aninhos de idade, segurou o rosto da minha melhor amiga com uma mãozinha de cada lado e falou olhando bem no fundo do olho dela: “linda... bonita... banho”.

Mas todas estas coisas que te escrevi são pra deixar claro que eu fico tão orgulhosa de estar na sua vida e de estar mais próxima e de poder te dar conselhos que hoje, eu sei, você acha completamente disparatados, mas tudo bem, um dia você vai entender. Todos eles. E não, não vai ser tarde, porque neste mesmo momento você vai perceber que a vida tão tão tão cheia de possibilidades que ai, só de pensar meu coração se enche de cores.

Mentira. Te escrevo porque hoje é seu aniversário e porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor.


agora!

Te amo.
Feliz aniversário.
E se jogaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!



(livremente inspirando em "Para uma menina com uma flor", do Vinicius de Moraes)

5 ficando fora de si:

caicko disse...

Que LINDO!! Todas as alterações, interseções e emoções semeadas no texto. Dá até vontade de conhecer essa menina, só para chegar no ouvidinho dela e soprar quão mágico é, ter na vida, uma tia amorosa como você. E que ela adolesça com caminhos perfumados (como a flor que é tão dela) e neles prevaleçam sempre os doces passos. E que ela tenha sempre estendida (e entendida) a ti uma mão linda-bonita-de banho. Ganho melhor e maior que esse, para uma tia babona, não há. Beijos do amigo-baiano-babão.

Carol disse...

Totalmente babão, Caito!

hahahaahahah

:D

M i e n disse...

Poxa viida... totalmente desprevenida, tá? Só não chorei pq eu ando meio 'seca', minhas lágrimas evaporaram, mas enfim. Seu post muito perfeito, acho que nem sou tanto e nem mereço tanto... E sim, agradeço todos os dias pelos nossos laços se estreitarem, e agora não te largo mais.
Ps 1: hoje no colégio o professor cedeu um tempo e meus amigos fizeram uma festa surpresa pra mim. Fizeram um slide, com narração de um poema meu (voz de quem, de quem? rá!), fotos de todos, enfim... depois te mando o vídeo e te conto como foi ;)
Ps 2: EU AINDA MORRO DISSO!!!!!!!!

Te amo muuito.

M i e n disse...

Poxa viida... totalmente desprevenida, tá? Só não chorei pq eu ando meio 'seca', minhas lágrimas evaporaram, mas enfim. Seu post muito perfeito, acho que nem sou tanto e nem mereço tanto... E sim, agradeço todos os dias pelos nossos laços se estreitarem, e agora não te largo mais.
Ps 1: hoje no colégio o professor cedeu um tempo e meus amigos fizeram uma festa surpresa pra mim. Fizeram um slide, com narração de um poema meu (voz de quem, de quem? rá!), fotos de todos, enfim... depois te mando o vídeo e te conto como foi ;)
Ps 2: EU AINDA MORRO DISSO!!!!!!!!

Te amo muuito.

Jana disse...

Que lindo!!! Sua flor desabrochou!

beijos