15.3.10

Onde eu assino, parte 2

Existe um coração

Existe um coração. Eu só queria que vocês soubessem disso. É um coração bem grande e generoso até demais, pronto para fazer todo mundo caber dentro dele. Um coração que oferece casa, comida, roupa lavada, amor, carinho e amizade de verdade. Existe esse coração. E ele não muda de acordo com as datas do ano. Ele é o mesmo no Natal, no Carnaval, no frio de junho. Talvez no frio ele fique mais contente e calmo. Mas o fato é que existe um coração que se machuca ao menor toque descuidado. Sai sangue. E esse coração, para se defender, tira correndo a pessoa que encostou ali de mau jeito e provocou o machucado tão dolorido. Pode doer tirar. Mas ele tira. Arranca aquela pessoa dali. Porque existe um coração sensível, generoso e disposto a dar casa, comida, roupa lavada, amor, carinho e amizade de verdade. Era só isso o que eu queria dizer para vocês, meus amigos. Existe um coração exigente. E ele vai continuar assim porque já se sabe que certas coisas não mudam nem são ruins. Elas são assim. E pronto.Quinze anos de análise e o coração continua o mesmo. E quem conhece bem de perto e de verdade diz que é bom que seja assim. E ama esse coração assim mesmo, do jeito que ele é. Ele e os seus caprichos.

(Nina Lemos) 2 neurônio

3 ficando fora de si:

Pedro disse...

Pena que as pessoas pouco valorizam um coração desses...

Carol disse...

poucos e bons!!!

Pcesar disse...

Um coração feminino é como uma flor. Os rapazes não sabem enxergar, porque a visão, no século XXI é condicionada ao nada. Então faça uma blindagem nesse seu coração maravilhoso pois a pessoa certa , asim como você, é uma nuvem, e está por aí, aleatória, ao sabor dos ventos, mas te procurando, porque você vale a pena.